Symphony X – Tropical Butantâ, São Paulo – 03/08/2019

Texto e Fotos por Rogério Talarico


Após 3 anos de sua última passagem pelo Brasil, o Symphony X, um dos expoentes do metal progressivo retornou ao país para 2 apresentações, sendo a primeira na cidade de São Paulo, no costumeiro Tropical Butantã.

Na fria noite do primeiro sábado de agosto (03), os brazucas da VersOver foram encarregados pela abertura do show. Após um hiato de mais de 10 anos, a banda lançou em 2018 o álbum “Hell's Inc.” e subiu ao palco da casa de shows às 19h15min para apresentar as canções deste álbum. Capitaneada por Rodrigo Carmo, a banda conseguiu esquentar e entreter o público paulista.

Formado pelo incrível Russell Allen nos vocais, Michael Romeo na guitarra, Mike LePond no baixo,  Jason Rullo na bateria e pelo exímio Michael Pinnella nos teclados, o Symphony X entrou às 20h30min ao som de “Overture” música de abertura do álbum “Underworld” (2015) que foi tocada de forma sampleada, enquanto os integrantes entravam no palco. A bela e longa “Iconoclast” do homônimo álbum lançado em 2011 foi a próxima e foi certeira a escolha, visto a empolgação dos fãs.

A dupla Allen e Romeo conduzem muito bem o público que, atônito observava o show quase sem cantar, hipnotizados com a perfeição na execução das músicas. “Serpent's Kiss” e “Nevermore” deram continuidade ao espetáculo, mas claramente o momento alto do show veio com a balada “Without You”, com Russell demonstrando toda potência e técnica vocal, emocionando todos os presentes.  Se a canção anterior evidenciou a potência das cordas vocais do vocalista, “Run With The Devil” mostrou a ótima cozinha do Symphony X, com a rápida bateria de Jason e o açoado dedilhado de LePond.

Com o show se aproximando do final, a banda então tocou “Set the World on Fire (The Lie of Lies)”, com Russell terminando a canção falando sobre estar doente e devido aos shows consecutivos, a banda estava tentando entregar o máximo que podiam. No retorno ao palco, o quinteto decidiu executar o hino “The Odyssey”, música que possui mais de 24 minutos de pura técnica e certamente é a canção mais esperada pelos fãs. Após uma pausa no meio para brincar com o público, o Symphony X se despediu entregando exatamente o que era esperado de músicos tão compententes: muita técnica e carisma de uma banda que tem muita história ainda à escrever.

Agradecimentos ao Costábile Salzano Jr da The Ultimate Press, à Top Link e Rádio Corsário pela atenção e credenciamento.

Set List:

Iconoclast
Evolution (The Grand Design)
Serpent's Kiss
Nevermore
Without You
Run With the Devil
Sea of Lies
Set the World on Fire (The Lie of Lies)

Encore:
The Odyssey

Pesquisa

Redes Sociais

Newsletter