Shaman - Audio, São Paulo - 09/02/2020

Fotos e Texto por Rogério Talarico

Shaman é uma das maiores bandas de metal que representam o Brasil pelo mundo. Muitos grupos foram criados e inspirados por eles, além de terem popularizado o metal sinfônico no país, devido a presença da música “Fairy Tale” na trilha sonora em horário nobre de uma novela brasileira. Infelizmente, há 1 ano, o vocalista da banda, maestro, produtor e multi instrumentista André Matos veio a falecer, deixando um vazio gigante tanto na música quanto nos corações dos fãs do cantor e das bandas que passou.

Após um bom período, Luiz e Hugo Mariutti e Ricardo Confessori decidiram continuar o legado do grupo e chamaram o exímio vocalista Alírio Netto, conhecido pelo seu espetáculo intitulado “Queen Extravaganza” entre outros projetos para dar sequência à banda, com o primeiro show marcado para o último dia 09, na Audio em São Paulo.

Pontualmente as 22h, o quarteto subiu ao palco acompanhado pelo tecladista Fábio Ribeiro ao som de “Turn Away”. Alírio entrou ao palco com o jogo ganho, sendo ovacionado pelo público que aceitou bem a entrada do vocalista para substituir o insubstituível. O vocalista em momento algum tentou imitar o maestro e desde a primeira canção mostrou muito respeito, interpretando da sua forma as canções, além de ser um grande frontman que sabe se portar de frente a uma grande plateia. Em alguns momentos, o público parecia mais ovacionar o vocalista do que a banda, tamanho respeito adquirido.

Clássicos como “Reason”, “For Tomorrow” e “Innocence” foram tocados, com uma interação impar da banda, vocalista e público. Exaltando que André Matos amava compor e inovar, Netto então anunciou “Brand New Me”, novo single do grupo. O grupo então chamou o violinista Marcus Viana para executar “Fairy Tale”, maior single do grupo que contou com Alírio sentado ao piano e certamente arrepiou os presentes. O grupo seguiu presenteando os fãs com um medley de músicas como “Living for the Night” e a bela “The Show Must Go On” do Queen, ainda acompanhado por Marcus Viana. A primeira parte do show encerrou-se com “Ritual’, outro grande hit do grupo.

Para o bis, o grupo reservou “Lisbon”, um tributo ao Angra, banda na qual André, Luiz e Ricardo fundaram e foram ovacionados. Alírio então anunciou “Pride”, última canção da noite, chamando o conhecido Bruno Sutter (Bruno Sutter/Massacration) para um belíssimo dueto, encerrando de forma excepcional um belíssimo retorno do Shaman, que homenageou de forma digna o maestro André Mattos e mostrou que ainda tem muita estrada para percorrer. Vida longa ao Shaman!

Setlist:

Turn Away
Distant Thunder
Reason
For Tomorrow
Time Will Come
More(The Sisters of Mercy cover)
Innocence
Brand New Me (Live Premiere)
Here I Am
Iron Soul
Fairy Tale (with Marcus Viana)
Living for the Night / Endeavour / No Need to Have an Answer/ The Show Must Go On (with Marcus Viana) (Viper / Andre Matos / Virgo / Queen cover)
Born to Be (with Marcus Viana)
Over Your Head (with Marcus Viana)
Ritual

Encore:
Lisbon (Angra cover)
Pride (with Bruno Sutter) (and Marcus Viana)

Pesquisa

Redes Sociais

Newsletter