Brotherhood Death Fest - Livraria da Esquina, São Paulo - 07/07/2013

O feriado de 9 de julho, é uma data que nos faz lembrar da revolução constitucionalista de 1932 e que mobilizou a população paulista contra o atual governo provisório de Getulio Vargas, na intenção de impedir que uma nova constituição fosse implantada no Brasil, mas não obteve êxito, após 87 dias de guerra civil o Estado São Paulo não agüentou e se rendeu. Mas história não é meu alvo e sim a ótima confraternização realizada na cidade de São Paulo no ultimo dia 7, e que levou o nome de Brotherhood Death Fest.  O show ocorreu na Livraria da Esquina, casa localizada na zona oeste da cidade de São Paulo, mais especificamente na Barra Funda.

Tudo começou pontualmente às 19h, com a banda Anakhon abrindo a sua apresentação com a ótima faixa Espetáculo de Horror e Tortura, seguida de outras duas boas composições A Dor da Imortal Putrefação e Execução fetal. Todas as três podem ser encontradas no primeiro álbum Obesidade Morbida. O grupo esta passando por uma reformulação em seu line up, e neste domingo já apresentou um rosto novo, David Fulci, que substituiu Willian Craven em uma das guitarras. A outra mudança esta prestes a ocorrer e será no baixo, Michel Amorim (Baixo) ainda realizou este show em São Paulo e um anterior no Rio de Janeiro, mas o mesmo já se desligou do grupo e deixou o seu posto vago, os interessados a fazer um teste como baixistas no Anarkhon, entrem em contanto com Aron Romero (Guitarra e Vocal) ou Wellington Backer (Bateria) através da pagina do Anarkhon no facebook ou diretamente com eles.

O andamento do show se deu com a novíssima For God Your Soul, For Me Your Flesh passando ainda por Corporal Sures e Return To Cum. A próxima foi uma homenagem a banda norte americana Suffocation e executaram Pierced From Within. O suffocation ira se apresentar na cidade de São Paulo no próximo dia 4 de agosto no Carioca Club. O show seguiu forte com Medicinal Slaughter do disco de 2009 Into The Autopsy, seguida de perto por Rotten Flesh Reanimated e Satisfacao Em Costurar Um Corpo Retalhado Com Arame Farpado. Para o final guardaram um hino do Cannibal Corpse Stripped, Raped And Strangled, encerrando de forma primorosa sua apresentação.

A próxima a se apresentar foi à banda sul-mato-grossense Ayin, que se formou no ano de 2010 na cidade de Campo grande.  O grupo vem se destacando no cenário brasileiro e já conseguiu lançar o seu primeiro álbum neste ano de 2013, o qual se chama Ordo Ab Chao. Este potente trio possui em sua formação Abner Ramires, que é o responsável por executar um poderoso vocal e desferir excelentes notas de sua lindíssima guitarra preta BC Rich 7 cordas, no baixo tivemos o não menos talentoso Rafael Fernandes e ao fundo na bateria, ficou um velho conhecido do underground paulistano Gil Oliveira, que já teve passagens pelas bandas Guillotine e Necromeis. Gil fez sua estréia exatamente nesta belíssima noite e realizou um ótimo desempenho. O único ponto negativo foi o curtíssimo tempo reservado a banda, que conseguiu somente apresentar 6 composições e foram elas: Atlantida, Seven, Bigotry, Recessus Sapientiae, Tent Ov Contradictionse e concluíram com Chaosystem, nesta última Abner Ramires convocou ao palco membros do Anarkhon, Insanity Force e Vomepotro, o que proporcionou um clima  intimista entre público e músicos, encerrando desta forma sua participação no festival.

Após um pequeno intervalo, tivemos na seqüencia a banda paulistana Insanity Force, que esta em atividade desde 2008. A formação atual da banda conta com Jaqueline, Fernanda Silva e Junior Pascoal, respectivamente guitarra/vocal, baixo e bateria.  Jaqueline é o único membro original do grupo e esta a frente dos vocais desde 2012 o realizando muito bem por sinal. No ano de 2011 o grupo lançou o seu primeiro EP Resultado de Vingança, único trabalho registrado pela banda até o momento, e foi dele que vieram as 4 primeiras canções da noite Força Insana,Resultado de vingança, Sede de Ódio e Tears of Blood. Com o público preso em sua apresentação o Insanity force mandou outra rajada fulminante, mas agora com composições inéditas, encabeçada por Lobotomia, Ações Psicopatas, The Beauty Mutilated, Vitimas da Loucura e Odor de Morte. De forma simples e direta o grupo conseguiu passar toda sua agressividade aos presentes e saíram do palco com o dever cumprido.

Neste momento o Brotherhood Death Fest se aproximava do fim, mas ainda restava uma banda a se apresentar, o Vomepotro. A banda é mais um grande nome que encontramos no underground da capital, e que em 2013 completou 17 anos de luta e dedicação ao Death Metal. Com tamanha bagagem, o Vomepotro ficou encerragado de colocar um ponto final no extraordinário evento e o fez de forma impecável.

Iniciaram com a nova composição Parricidal Massacre , a qual veio seguida de Worms Devour My Flesh que pertece ao ótimo disco Zombie Gore Vomit lançado no ano de 2006. O show seguiu com um repertório muito bem elaborado pelo grupo, que soube perfeitamente intercalar suas músicas, usando sempre uma nova composição seguida de uma velha, sendo assim, o que tivemos na terceira posição foi outra novidade, a boa Putre - Nuptial Orgies. Com uma formação estável desde 2011, o Vomepotro é composto por Cristiano Martinez, que na banda executa as funções de guitarrista e vocalista, diga-se de passagem, muito bem realizado. A outra guitarra é responsabilidade de David Ferreira, ótimo guitarrista e que também desempenha a função de backing vocal. Na cozinha ficou o experiente baixista Cristiano Nery ao lado do excelente baterista André Martuchi, dono de uma pegada forte e agressiva. Após apresentar a banda, volto o meu olhar ao show, que seguiu matador com Assassin Psychopath do disco Liturgy of Dissectio. As próximas foram Voracious Atrocity e Defaced By Pestilence. E para encerrar esta magnífica noite vieram Fall Into Decay e Horror Humanufactore.

O primeiro Brotherhood Death Fest não poderia ter sido melhor, o público compareceu em um bom numero, as bandas foram impecáveis e a casa forneceu um ambiente bem amigável, junto a uma ótima localização. Saldo mais do que positivo, agora é aguardar por novas edições.

Setlist – Anarkhon

Espetáculo de Horror e Tortura
A Dor da Imortal Putrefação
Execução fetal
For God Your Soul, For Me Your Flesh
Corporal Sures
Return To Cum
Pierced From Within (Cover Suffocation)
Medicinal Slaughter
Rotten Flesh Reanimated
Satisfacao Em Costurar Um Corpo Retalhado Com Arame Farpado
Stripped, Raped And Strangled (Cover Cannibal Corpse)

Setlist – Ayin

Atlantida
Seven
Bigotry
Recessus Sapientiae
Tent Ov Contradictionse
Chaosystem

Setlist- Insanity Force

Força Insana
Resultado de vingança
Sede de Ódio
Tears of Blood
Lobotomia
Ações Psicopatas
The Beauty Mutilated,
Vitimas da Loucura
Odor de Morte

Setlist - Vomepotro

Parricidal Massacre
Worms Devour My Flesh
Putre - Nuptial Orgies
Assassin Psychopath
Voracious Atrocity
Defaced By Pestilence
Fall Into Decay
Horror Humanufactore

Pesquisa

Redes Sociais

Newsletter