Halestorm e Adrenaline Mob - Carioca Club, São Paulo - 16/06/2013

Por Rogério Talarico
Fotos gentilmente cedidas por Edi Fortini

 

Adrenaline Mob

2013 realmente é o ano dos shows internacionais no Brasil. Festivais renomados retornando para o país, bandas jamais imaginadas marcando passagem por aqui. Um exemplo disso foi o show do último domingo, dia 16, com as bandas Adrenaline Mob e Halestorm. A primeira, contem integrantes de bandas renomadas como Disturbed e Symphony X. A outra, uma banda com integrantes novos, porém cheios de garra e força, além do inquestionável  talento musical.

Com início atrasado, devido a enorme fila de pessoas que ainda estavam entrando no Carioca Club, o show do Adrenaline Mob teve início às 19h25min, e com os integrantes um a um subindo ao palco a banda iniciou “Psychosane”  e a casa completamente lotada.  O vocalista Russel Allen à todo momento sorria e pulava, mostrando muita disposição neste último show da turnê. Após a pesada “Fellin Me” iniciou e juntamente com “Down  To the Floor” incendiou a casa de shows e durante toda a música, o alegre público batia palmas. Um dos pontos fortes do show deu início, a emocionante “Angel Sky” contou com um bom e extenso solo de guitarra feito por Mike Orlando, e finalizou de uma forma diferente da gravada para o álbum, com solfejos de Russel, acompanhando a guitarra.

Após a calmaria, o primeiro single da banda “Inddiferent” iniciou, e novamente o público acompanhou em uníssono. Após “Believe Me”, Russel pediu para todos aplaudirem, neste que foi o último show de Mike Portnoy na bateria, pois ele se dedicará a outros projetos. Com os integrantes se abraçando, iniciou “All on the Line”, outro ponto alto do show.  A seguir, a banda tocou  “Hit the Wall” e Russel chamou Lzzy Hale, vocalista do Halestorm para subir ao palco e cantar “Come Undone”, cover do Duran Duran, música que ambos gravaram para o álbum de estreia da banda, ‘Omerta’.

Com mais uma surpresa, Russel iniciou “The Mob Rules”, cover do Black Sabbath – que consta no segundo álbum da banda, ‘Coverta’, somente de covers - e o renonado Tim Ripper Owens (que um dia antes realizou um show com sua banda, Dio Diciples em São Paulo) entrou ao palco para um dueto com o vocalista, sendo uma grande surpresa. A banda finalizou sua aprensentação com a pesada “Undanted” e emocionados, os integrantes agradeceram ao Brasil pela receptividade e o público apaludiu, certamente satisfeitos por ter prestigiado um momento único em solo brasileiro.

Halestorm

Cerca de meia hora depois, às 21h10min, a competente e alegre vocalista Lzzy Hale entrou no palco acompanhada por sua banda e sem introduções iniciou “Love Bites (So do I)”, já conquistando e cativando todo o seu público. Após iniciaram a animada “It´s Not You”, música que contém grudentos riffs de guitarra. “Freak Like Me” começou com os fãs erguendo plaquinhas  escrito a palavra ‘Freak’ e com os integrantes super agitados. Lzzy então se comunicou o público, e anunciou “You Call Me a Bitch Like It's a Bad Thing” e em sequência , “Dirty Work”.

Na sequencia do show a banda executou a boa “Innocence” e seguiu com “Rock Show” e em uníssono, o publico acompanhava a banda em uma grande sintonia. Com o público exaltando um ‘Lzzy, Gostosa!’,  a vocalista contou que estava realizando um sonho que era de tocar no Brasil. Visivelmente emocionada, a bela vocalista assumiu seu teclado e tocou  a lenta “Break In”, que terminou com a vocalista lacrimejando e agradecendo seu público.

Com a banda retornando ao palco, iniciou “Familiar Taste of Poison” e após, Arejay Hale começou um grande e bom solo de bateria e usou até mesmo seus pés para este solo. Ainda no solo, Mike Portnoy entrou e alegremente começou a tocar bateria junto com Arejay, num duelo incrível de baquetas. Após a saída de Mike, Arejay tocou bateria com as mãos e utilizou grandes baquetas para acrescentar este solo.  Toda a banda retornou novamente para o palco e executou “Straight Trrough the Hearth”, cover do Dio, “Daughters of Darkness” e “Mr. Hyde”, com o Carioca Club exaltando felicidade. Finalizando esta primeira parte de sua apresentação, foi tocada “I Get Off”, com Lzzy mostrando toda sua potencia e versatilidade vocal, além de tocar e solar nesta e em boa parte das canções.

Na volta do intervalo, Lzzy novamente agradeceu seu público e ofereceu “Here To Us”, seu mais novo single de seu recente lançamento “The Strange Case Of...”, que sem dúvidas, foi um dos pontos altos do show. “I Miss the Misery” foi tocada e de forma empolgante, a banda se despediu visivelmente satisfeita pela apresentação realizada e deixou um 'gosto de quero mais' na mente de cada um dos que presentes no Carioca Club.

O Halestorm mostrou que é uma banda novata sim, porém uma das grandes promessas para o futuro pois a potencia vocal e carisma de Lzzy Hale junto com o peso de Arejay e o talento de Joe  Hottinger e Josh Smith inspiram puro Rock n Roll. Com saldo mais que positivo, o show do Adrenalline Mob e Halestorm foi e será, sem dúvidas, um dos melhores shows do ano.

Set List Adrenaline Mob:


Psychosane
Feelin' Me
Down to the Floor
Angel Sky
Indifferent
Believe Me
All on the Line
Hit the Wall
Come Undone (DURAN DURAN)
The Mob Rules (BLACK SABBATH)
Undaunted

Set List Halestorm:

Love Bites (So Do I)
It's Not You
Freak Like Me
You Call Me a Bitch Like It's a Bad Thing
Dirty Work
Innocence
Rock Show
Break In
Familiar Taste of Poison
Drum Solo
Straight Through the Heart (DIO)
Daughters of Darkness
Mz. Hyde
I Get Off


Agradecimentos a Luciano Piantonni (LP Metal Press) e Liberation pela atenção e credenciamento e pela Edi Fortini por ter cedido as fotos.
.



Pesquisa

Redes Sociais

Newsletter