Absu & Master - Carioca Club, São Paulo - 18/11/2012

Por Leandro Cherutti

No último final de semana na cidade de São Paulo, tivemos um encontro marcante na conhecida casa de shows Carioca Club. Dois grandes ícones do metal extremo norte americano, dividiram o palco em mais um excelente evento realizado pela Tumba Produções. E como promessa é dívida, a Tumba honrou o que prometeu, e finalmente trouxe ao Brasil o maior ícone do Black Metal norte americano, o ABSU. O grupo enfrentou no início do ano, problemas com a documentação junto ao governo brasileiro, o que levou ao cancelamento repentino de sua apresentação no país. Naquela oportunidade os músicos tocariam ao lado da banda colombiana Inquisition e da paraguaia Wisdom. Neste último domingo (18), o Absu teve ao seu lado uma das bandas pioneiras do Death Metal, o MASTER.

Assim que Carioca Club teve suas portas abertas às 18h, os fãs entraram rapidamente. E enquanto aguardavam a tão esperada apresentação, puderam assistir no telão o jogo que rebaixou o Palmeiras mais uma vez a serie B do campeonato brasileiro. Mas não foi para ver o futebol que estávamos la, e aproximadamente às 18h40 subiu ao palco o Master, liderado pela figura marcante do barbudo e cabeludo Paul Speckmann, que não perdeu tempo, e abriu com chave de ouro a sua apresentação, mandando a ótima composição intitulada  Master. A próxima foi Shoot To Kill, que faz parte do trabalho Four More Years Of Terror, lançado em 2005. Paul Speckmann, para quem não o conhece, é simplismente o líder, vocalista, baixista e único membro original do grupo. E também o único americano. O grupo ainda conta com a excelente presença do guitarrista Alex Nejezchleba, e ao fundo do palco o ótimo baterista eslovaco, Zden?k Pradlovský. O show seguiu com a pegada forte de Slaves To Society do álbum de nome homônimo. Logo depois vieram Judfment of Will e Submerged In Sin, ambas do aclamado disco On the Seventh Day God Created... Master de 1991. O Master é uma daquelas bandas que sempre manteve seus pés no underground mundial, não se vendendo a mídia ou mudando o seu estilo musical no decorrer dos anos, muito pelo contrario, só veio melhorando com o passar do tempo. Recentemente lançou uma obra prima do Death Metal, batizado de The New Elite, e foi deste trabalho a próxima faixa Smile as You're Told, seguida de um clássico dos anos 80 Unknown Soldier, e voltaram para o novo trabalho mandando Remove the knife.

A boa composição Cut through the filth, antecedeu um interessante e interminavel solo de bateria, realizado pelo  habilidoso Zden?k Pradlovský, que tocou por exatos 5 minutos sem fazer uma pausa, neste momento Paul Speckman e Alex  Nejezchleba retornaram ao palco, e acompanharam Zden?k, na qual seria a introdução da antiga Remorseless Poison. E da mesma época tivemos Pay To Die, duas magníficas composições do majestoso Death Strike, que anos depois passou a se chamar Master. Para finalizar sua segunda apresentação em São Paulo, o grupo prestou uma homenagem ao Black Sabbath, tocando um dos maiores clássicos do Heavy Metal, Children of the Grave. Os músicos deixaram o palco às 19h35.

Um pequeno intervalo de 15 minutos foi o tempo que separou o Master da atração principal da noite, o Absu. Que compareceu ao palco com um hino da banda Apzu, faixa encontrada no LP The Sun of Tiphareth de 1995, e que em minha opinião é o melhor da banda. A segunda faixa a fazer parte do evento foi a extremamente veloz Night Fire Canonization, e logo depois Earth Ripper do último Cd Abzu de 2011. O trio é formado por: Vis Crom, que manuseou uma lindíssima guitarra Gibson Les Paul dourada, o baixo contou com Ezezu, que por sua vez também faz vocais em algumas músicas, e por final ele, a lenda do Absu, o exímio baterista e frontman Proscriptor McGovern, que a todo o momento gritava e sacudia o público, colocando assim mais lenha para queimar nesta quentíssima apresentação. A noite estava apenas começando e muita coisa estava por vir, como esta seqüência fulminante encabeçada por The Winter Zephyr, Morbid Scream e as próximas foram Mananná, e o petardo Vorago, uma dobradinha lendária do clássico álbum Tara. A apresentação dos americanos foi regada a muita fumaça, o que ocorreu praticamente em todo o show, criando assim um ambiente sombrio, o qual funcionou muito bem com o repertório apresentado pelo grupo. O set teve seu seguimento com a primorosa Swords and Leather, e com a densa The Coming of War. Não faltaram clássicos nesta primeira apresentação da banda em nosso país, e você acha que alguém esta se importando com isto? Claro que não, os fãs queriam ainda mais, e atendendo pedidos os americanos mandaram 3 grandes composições de sua longa carreira, iniciando com  a importante  Highland Tyrant Attack, acompanhada da esplêndida  Tara/Pillars of Mercy, faixa que promoveu um belo espetáculo no Carioca Club, neste momento as luzes se apagaram e o que se ouviu foi o playback  de uma magnífica gaita de foles, um momento inesquecível para mim. E concluindo a primeira parte do show veio Never Blow Out The Eastern Candle, que pode ser encontrada no EP In the Eyes of Ioldánach do ano de 1998.

No encore o Absu apresentou à rápida 13 Globes, e ainda guardou para o fim uma das faixas mais notável de sua história que já dura mais de duas décadas, estou falando da luxuosa Feis Mor Tir Ná N’og, que colocou um ponto final neste ótimo show.

Mais uma vez a Tumba Produções trabalhou bem e proporcionou ao publico paulistano um ótimo evento, apresentando aos fãs do som extremo, grandes nomes do estilo. Infelizmente a banda Massacre foi forçada a cancelar o show que realizaria ao lado de seus compatriotas, mas nem isto tirou a grandeza e brilho deste espetáculo.

 

Setlist Master

Master
Shoot To kill
Slaves to Society
Judgement of will
Submerged in sin
Smile as you're told
Unknown Soldier
Remove the knife
Cut through the filth
Drum solo
Remorseless Poison
Pay to Die
Children of the Grave

Setlist ABSU

Apzu
Night Fire Canonization
Earth Ripper
The Winter Zephyr
Morbid Scream
Intro/ Manannan
Vorago
Swords and Leather
The Coming of War
Highland Tyrant Attack
Tara/ Pillars of Mercy
Never Blow Out The Eastern Candle.t
Encore
13 Globes
Feis Mor Tir Ná N’og

Agradecimentos: Luciano Piantonni da LP METAL PRESS

Pesquisa

Redes Sociais

Newsletter