Slash & Edguy - Espaço das Américas, São Paulo - 06/11/2012

Por Rogério Talarico
Fotos gentilmente cedidas por Leandro Anhelli


Para alegria dos fãs brasileiros, após um ano e alguns meses, o lendário ex-guitarrista do Guns n’ Roses, Saul Hudson mais conhecido por Slash retornou ao Brasil para cinco grandes shows, trazendo consigo a divulgação de seu novo álbum, Apocalyptic Love, lançado este ano.

A abertura do show ficou a cargo da banda alemã Edguy. A banda liderada por Tobias Sammet subiu ao palco pontualmente às 20h para divulgação de seu mais recente álbum intitulado Age of the Joker, lançado ano passado. Ao som de uma música circense e com um Pirreot estendido num pano ao fundo do palco, iniciou-se “Nobody's Hero” e “Tears Of A Mandrake”, com um estonteante solo de guitarra. Ao iniciar “Lavatory Love Machine”, Tobias começou uma brincadeira dividindo o público, para ver qual lado estava mais animado – que de fato, animou – e ao dizer sobre seu amor ao Brasil, iniciou “Ministry Of Saints”, provavelmente sendo a mais pesada de seu show. O show ainda contou com um performático Tobias em “Robin Hood”, “Vain Glory Opera”, “Save” - com Felix Bohnke finalizando-a tocando sua bateria de pé -, a balada “Superheroes” e “King Of Fools” finalizando um curto porem animado show.

Acompanhado pelo excelente vocalista Myles Kennedy (Alter Bridge) e pela banda The Conspirators, atualmente composta por Brent Fittz na bateria, Todd Kerns no baixo e Frank Sidoris na guitarra base, o exímio guitarrista Slash subiu ao palco pontualmente às 21h30min e ao som de “Halo” o show começou. O público animou mesmo ao iniciar os primeiros riffs de “Nightrain” do Guns N’ Roses e cantou-a em uníssono. Após, um petardo de seu primeiro CD solo, a marcante “Ghost”, foi bem executada e também cantada por todos.

“Standing In The Sun” de seu novo álbum iniciou, sendo bem recebida pelo público, que ovacionou não somente o guitarrista, mas também o vocalista Myles Kennedy, que mostrou competência  e muito carisma por todo show. Voltando a seu primeiro CD, “Back From Cali” que é originalmente canta pelo próprio Myles foi executada com muita alegria pela banda, inclusive por Frank, único integrante que não participou das gravações do primeiro álbum. “Just Like Anything” do Slash’s Snakepit foi tocada e bem recebida pelo público, que estava caloroso, mas não mais agitado que nas faixas “Civil War” e “Rocket Queen”, ambas do Guns, em que os fãs foram ao delírio.

Normalmente uma turnê segue sempre um padrão e são tocadas as mesmas músicas, padrão este que não é seguido por Slash e sua magnífica banda, que dificilmente repete as receitas pelos shows. “Shorts Fired” foi tocada tão bem quanto a lenta “Far And Away”, ambas do Apocalyptic Love, levando o público ao êxtase, principalmente nesta última. Myles Kennedy se retirou do palco para o baixista Todd fazer uma brincadeira e cantar as duas músicas seguintes: “Doctor Alibi”, presente em seu primeiro lançamento e originalmente cantada por Lemmy Kilmister e “You're Crazy”, do Guns. Ao retornar ao palco, Myles anunciou a boa ”No More Heroes” e “Starlight” com o público cantado-a do início ao fim, impressionando até mesmo a banda.

Por ser um show de um dos mestres da guitarra, não poderia faltar um solo e assim foi executado um bom solo voltado ao Blues, precedendo um dos hits de seu ultimo CD, “Anastasia”, abrindo espaço para o single “You're A Lie”, e, certamente a mais esperada - e animada – “Sweet Child O' Mine”, grande clássico do Guns N’Roses. Antes de sair para uma breve pausa, Slash começou “Slither”, sucesso de sua carreira no Velvet Revolver.

 

Voltando do já conhecido Bis, Myles Kennedy anunciou Todd novamente nos vocais comandando “Welcome To The Jungle”. Em seguida, Myles retornou ao palco para cantar a não menos esperada “Paradise City”, finalizando a noite com direito a chuva de papel picado e muita fumaça, deixando cada fã de Guns N’Roses presente embasbacado, com um grande sorriso no rosto não somente por ter presenciado o Mestre da Cartola e sim por ter visto um ótimo vocalista que expressa toda a carreira de Slash de forma única, juntamente a uma banda coesa e perfeitamente entrosada, dando um show: uma aula de um puro Rock n’ Roll.

Set List SLASH:

1. Halo
2. Nightrain (GUNS N' ROSES)
3. Ghost
4. Standing In The Sun
5. Back From Cali
6. Just Like Anything (SLASH'S SNAKEPIT)
7. Civil War (GUNS N' ROSES)
8. Rocket Queen (GUNS N' ROSES)
9. Shots Fired
10. Far And Away
11. Doctor Alibi
12. You're Crazy (GUNS N' ROSES)
13. No More Heroes
14. Starlight
15. Blues Jam
16. Anastasia
17. You're A Lie
18. Sweet Child O' Mine
19. Slither

Bis

20. Welcome To The Jungle
21. Paradise City

Set List EDGUY:

1. Nobody's Hero
2. Tears Of A Mandrake
3. Lavatory Love Machine
4. Ministry Of Saints
5. Robin Hood
6. Vain Glory Opera
7. Save
8. Superheroes
9. King Of Fools

Agradecimentos a Heloísa Vidal e a FreePass Entreterimento pela atenção e credenciamento e ao Leandro Anhelli pelas fotos.

Pesquisa

Redes Sociais

Newsletter