Misery Index e Centurian - Hangar 110, São Paulo - 07/04/2012

Fotos e resenha por Leandro Cherutti

O ultimo sábado (7), não foi nada fácil para os admiradores do metal extremo em São Paulo.  Pois tiveram que optar entre assistir a lendária banda de Thrash Metal, Sodom, no Carioca Club, ou ir até o Hangar 110 e prestigiar três conhecidos nomes do underground mundial.

No Hangar 110, tivemos como atrações os Holandeses do Centurian, a banda norte-americana Misery Index, à alemã Into Darkness e a brasileira Gestos Grosseiros. Infelizmente não consegui presenciar as bandas de abertura Into Darkness e Gestos Grosseiros, devido a outro compromisso profissional. Mas cheguei a tempo de ver os americanos do Misery Index, que subiu ao palco às 9h15. A banda formada por Jason Netherton (Baixo), Mark Kloeppel (Vocal/Guitarra), Adam Jarvis (Bateria) e Darin Morris (Guitarra), promoveu do começo ao fim de sua apresentação, uma total devastação musical.

O grupo baseou o seu repertório basicamente nas composições de seu último lançamento Heirs to Thievery.  Logo de cara mandaram “Sleeping Giants” e “The Carrion Call”, e o público não deixou barato e abriu os primeiros mosh´s na pista. Do CD Traitors de 2008, tivemos “Partisans of Grief”, faixa não tão rápida quanto à próxima “You Lose”, que fez com que a pista do Hangar ficasse parecida com um liquidificador, devido tamanha agitação dos presentes.

O show estava mais que intimista, e para não perder o ritmo, tivemos “Defector”, que ficou muito bem ao vivo. As próximas foram “The Seventh Cavalry”, “The Spectator” e “The Illuminaught”, uma trinca poderosa do último trabalho. Para finalizar sua apresentação, a banda viajou até 2003, e trouxe a veloz “The Great Depression” e ainda “Heirs to Thievery”, ”Traitors” e “Embracing Extinction”. Depois de aproximados 50 minutos do mais puro caos sonoro, os americanos deixaram o palco ovacionado.

Os Holandeses do Centurian não demoraram a aparecer, e chegaram arrepiando com a música “Hell At Last”. A banda teve uma passagem meteórica na cena Death Metal, ficando na ativa de 1997 a 2002. Mas após 9 anos de hibernação, os holandeses estão de volta, e mostraram ao público paulista todo o poder de suas composições. Niels Adams (Vocal), Robe Oorthuis (Guitarra), Patrick Boleij (Baixo) e Seth van der Loo (Bateria), apresentaram aos fãs duas novas faixas, que irão fazer parte do novo ábum Contra Rationem, e foram elas “Judas Among Twelve” e “Antinomian”.

O show seguiu em alta velocidade com “God Got Killed” inclusa na demo Op Purest Fire de 1997. Outro ótimo tema foi “The Law of Burning”, entre uma pausa e outra o vocalista Niels Adams agradecia ao público, e sem perder muito tempo anunciava as músicas a serem tocadas. Para fechar com chave de ouro, os quarteto executou a bela faixa “Adversus”, a excelente e clássica “Hail Caligula”, seguida de “Heading for the Holocaust” e por último “Of Purest Fire”.

Em uma noite que os fãs tiveram que se dividir, o Hangar 110 recebeu um público razoável, mostrando que a cena underground paulista esta se fortalecendo ainda mais, e isto ótimo, pois assim teremos mais e mais atrações por aqui.

 

Setlist Misery Index

1.Sleeping Giants
2.The Carrion Call
3.Partisans Of Grief
4.You Lose
5.Conquistadores
6.Defector
7.The Seventh Cavalry
8.The Spectator
9.The Illuminaught
10.The Great Depression
11.Heirs to Thievery
12.Traitors/Embracing Extinction

Setlist Centurian

1.Hell At Last
2.The Reading
3.Colloseum Of Blood
4.Judas Among Twelve
5.Antinomian
6.God Got Killed
7.The Law of Burning
8.Adversus
9.Hail Caligula
10.Heading for the Holocaust
11.Of Purest Fire

Pesquisa

Redes Sociais

Newsletter