System of a Down - Chacara do Jockey, São Paulo - 01/10/2011

Por Rogério Talarico
Fotos por Leandro Anhelli

Após 5 anos sem fazer shows e com projetos solos definidos, os integrantes do System of a Down desembarcaram em solos brasileiros, pela primeira vez em 14 anos de carreira, para realizar 2 estonteantes shows sendo um no Rock in Rio na noite de encerramento e o outro em São Paulo, sendo este para um público de quase 30 mil pessoas na Chácara do Jockey Club, tendo como banda de abertura a banda mato-grossense Macaco Bong.

Os Cuiabanos do Macaco Bong fizeram uma apresentação peculiar, pois possuem somente três integrantes não tendo vocalista sendo somente instrumental, porém conseguiram animar o grande público que estava ansioso para a apresentação principal.

Exatamente as 21h30min os armênios do System of a Down entraram ao palco, com um pano branco escrito o nome da banda estampado nele, cobrindo todo o palco. Com as fortes batidas de “Prison Song”, primeira música de seu trabalho mais conhecido, o CD “Toxicity” de 2001, levou ao delírio os quase 30 mil fãs presentes nesse espetáculo. A curta introdução “Soldier Side” abriu as portas para o seu maior hit: “B.Y.O.B”, que trata sobre guerra e desigualdade social e política, música esta que os levou ao topo das maiores paradas musicais do mundo, e a pesada “Revenga”, ambas do álbum “Mesmerize” lançado em 2005. “Needles” e “Deer Dance” não poderiam ficar de fora deste show, sendo entoadas aos gritos pelo público, que cantava e formava rodas de ‘bate-cabeça’, publico este que somente acalmou em “Radio/Video” música esta que o vocalista Serj Tankian brincava com o baterista, John Dolmayan e dançava pelo palco enquanto cantava com excelência a canção.

Sem parar emendou a canção “Suggestions” de seu primeiro álbum auto-intitulado de 1998, seguida por “Psycho” e a canção que os levou ao mainstream: “Chop Suey!” quase devastou a Chácara do Jockey em São Paulo. Para acalmar o público foi executada a calma “Lonely Day” que contou com um solo magnífico de Daron Malakian, a agitada “Bounce”, “Kill Rock ‘n Roll” e a sentimental “Lost in Hollywood”. Vendo a calmaria do público, voltaram ao álbum “Toxicity” e tocaram “Forest” e “Science” e extasiando a todos em “Mind”. A única música do álbum “Steal This Album”,”Innervision” iniciou, deixando os fãs enlouquecidos.

Ao falar sobre o genocídio armênio e sobre como o ser humano pode ser maléfico em devastar a natureza e matar uns aos outros, Serj Tankian iniciou “Holy Mountains” seguida pela conhecida “Aerials”, dando abertura para “Vicinity of Obscenity” e “Tentative”, ambas do álbum “Hypnotize” de 2005. Ao comparar sexo com guerra, Daron Malakian cantou os versos de “Cigaro” sendo acompanhado pela banda e após, anunciou “Suite-Pee”. Ao falar novamente sobre guerra e política, tema este que é muito abordado nas canções do "SOAD" como a banda é conhecida, a extensa “War?” foi tocada, sendo acompanhada por todo o público. A banda finalizou o show sem firulas, sem grandes solos e sem bis (como normalmente é feito por outras bandas) e como não poderia faltar, encerraram com seus grandes singles “Toxicity” e “Sugar”, dando a todos uma belíssima noite que fez valer toda a espera dos fãs brasileiros pela magnitude, excelência e competência desses 4 músicos que alegraram esta noite de sábado em São Paulo.

 

 

 

Set List:


1.Prison Song
2.Soldier Side - Intro
3.B.Y.O.B.
4.Revenga
5.Needles
6.Deer Dance
7.Radio/Video
8.Hypnotize
9.Question!
10.Suggestions
11.Psycho
12.Chop Suey!
13.Lonely Day
14.Bounce
15.Kill Rock 'n Roll
16.Lost in Hollywood
17.Forest
18.Science
19.Mind
20.Innervision
21.Holy Mountains
22.Aerials
23.Vicinity of Obscenity
24.Tentative
25.Cigaro
26.Suite-Pee
27.War?
28.Toxicity
29.Sugar

Agradecimentos: Denise Catto e Bruno Motta da Midiorama pelo Credenciamento e Leandro Anhelli pelas Fotos.

Pesquisa

Redes Sociais

Newsletter