Mr Big e Geoff Tate - Tom Brasil, São Paulo - 19/08/2017

Por Rogério Talarico
Fotos gentilmente cedidas por Bárbara Martins

A Free Pass Entretenimento trouxe ao país 2 renomados nomes do rock mundial: Geoff Tate, vocalista de uma das maiores banda de metal progressivo Queensrÿche e o Mr. Big, renomada banda de Hard Rock, ambos grupos formados nos anos 80.

Geoff Tate, acompanhado dos músicos brasileiros Felipe Andreoli no baixo (Angra), Leo Mancini (Tempestt) e Dallton Santos nas guitarras, Edu Comintato (SOTO) na bateria e Bruno Sá no Teclado, pontualmente às 20h30min, entraram ao palco com as vozes de “I Remember Now” ecoando nas caixas de som do Tom Brasil. A apresentação que veria a seguir prometia a execução do “Operation Mindcrime” (1988), álbum mais conhecido do Queenrÿche, na integra.

Geoff, sempre muito bem vestido, cantou por toda a apresentação com um sorriso no rosto e interagindo com seus músicos, a todo momento. Canções como “Operation: Mindcrime”, “Speak” e “The Mission” foram exaltadas por todo o púbico. Em “Suite Sister Mary”, a soprano brasileira Marília Zangrandi entrou ao palco para executar as partes originalmente cantadas por Pamela Moore, e demonstrou muita competencia e bastante interação com Geoff, durante os mais de 10 minutos que possuem esta canção.

A apresentação seguiu a ordem cronológica do disco, porém os pontos altos do show foram “Breaking The Silence”, “My Empty Room” e a derradeira “Eyes of a Stranger”. Porém, supreendendo seu fiel público paulista, Tate e seus músicos não abandonaram o palco e executaram a bela “Silent Lucidity”, música de mais sucesso do Queensrÿche, encerrando sua apresentação após cerca de 1h10min de puro carisma.

Com 15 minutos de atraso, Eric Martin nos vocais, Billy Sheehan no baixo, Paul Gilbert na guitarra e Matt Starr na bateria,  substituindo o renomado Pat Torpey que foi diagnosticado com Mal de Parkinson em 2015 subiram ao palco, com a casa de shows literalmente lotada. Assim como em sua passagem pelo país em 2015, os músicos não excluíram Pat das apresentações e ele estava presente, fazendo os vocais de apoio e tocando uma caixa com pratos e um meia-lua, mostrando que a banda possui muito apreço pelo exímio baterista.

Já na costumeira abertura “Daddy, Brother, Lover, Little Boy (The Electric Drill Song)”,  Billy e Paul pegaram sua furadeira para executar a primeira ‘brincadeira’ da noite e tocaram seus instrumentos com as ferramentas. As ótimas “American Beauty”, “Undertow” e “Alive and Kickin'” foram cantadas a plenos pulmões por todo o público.

Eric, nos primeiros minutos do show mostrou que é um dos grandes vocalistas da atualidade, sua voz continua intacta e sua presença de palco é impar. Em “Just Take My Heart”, Pat que estava tocando meia-lua, assumiu a bateria e acompanhou a banda neste momento incrível. Entre canção e outra, Pat e Billy brincavam entre si e faziam solos com seus instrumentos, dando um dinamismo a apresentação e não ‘deixando a peteca cair’ nem um minuto sequer, mesmo com toda virtuosidade de seus solos.

Por ser uma apresentação de divulgação de seu mais recente lançamento intitulado “Defying Gravity” (2017), a banda executou poucas canções deste album e apenas a agitada “Everybody Needs a Little Trouble” e “1992” foram tocadas, deixando até mesmo a homônima faixa título de fora. No meio de  “Price You Gotta Pay”, Martin entrelaçou seus braços no meio dos braços de Sheehan e tocou seu instrumento enquanto o baixista tocava gaita, mostrando o perfeito entrosamento que eles possuem.

Na reta final do show, tocaram o cover de Cat Stevens “Wild Word” e após o costumeiro bis, executaram a bela “To Be With You”, “Colorado Buldog” que iniciou com latidos de Sheehan, a já citada “1992” e por fim, encerraram com “Baba O'Riley”, homenagem da banda ao The Who. Ver um show do Mr. Big ao vivo é tiro certeiro, não há como sair decepcionado e, de quebra ainda ver a lenda Geoff Tate ao vivo comprovou que a produtora acertou em cheio na escolha das duas aprestações, dois incríveis e memoráveis shows.


Set List Geoff Tate:

I Remember Now
Anarchy-X
Revolution Calling
Operation: Mindcrime
Speak
Spreading the Disease
The Mission
Suite Sister Mary (com Marília Zangrandi)
The Needle Lies
Electric Requiem
Breaking the Silence
I Don't Believe in Love
Waiting for 22
My Empty Room
Eyes of a Stranger

Bis:
Silent Lucidity


Set List Mr. Big

Daddy, Brother, Lover, Little Boy (The Electric Drill Song)
American Beauty
Undertow
Alive and Kickin'
Temperamental
Just Take My Heart
Take Cover
Green-Tinted Sixties Mind
Everybody Needs a Little Trouble
Price You Gotta Pay
Paul Gilbert Solo
Take a Walk
Wild World (Cat Stevens cover)
Rock & Roll Over
Around the World
Billy Sheehan Solo
Addicted to That Rush

Bis:

To Be With You
Colorado Bulldog
1992
Baba O'Riley (The Who cover)

Agradecimentos a Heloísa Vidal da Free Pass Entretenimento pela atenção e credenciamento.

Pesquisa

Redes Sociais

Newsletter