Eluveitie - Carioca Club, São Paulo - 11/04/2015

Por Rogério Talarico
Fotos por Bárbara Martins

Os Suiços do Eluveitie retornaram pela 4ª vez ao Brasil e fizeram seu primeiro show na costumeira casa de shows Carioca Club. Após 2 anos de sua última passagem, a banda voltou com 2 desfalques no seu line-up: a violinista Nicole Ansperger e o baixista Kay Brem não embarcaram à turnê sul-americana devido a problemas de saúde. Porém, o show não deixou a desejar e a banda cumpriu com sua futura promessa de entregar um excelente show ao público.

Pontualmente as 19h ao som de “Origins” música que abre seu mais novo lançamento e que carrega o mesmo nome, um a um os integrantes entraram ao palco reverenciando o público. Chrigel que é muito caloroso com seus fãs, cantava e clamava agitação de todos que lotaram a Carioca Club. As canções que seguiram foram “King”, “Nil” e “From Darkness” e não deixaram um fã sequer parado. Neste momento, Chrigel então comunicou ao público o desfalque da noite e se desculpou, mas informou que não desembarcar no Brasil e decepcionar seus fiéis seguidores não era uma opção e prometeu um grande show.

Mesmo focando sua apresentação no disco “Origins”, não faltaram os velhos hits nesta incrível noite e canções como “Thousandfold”, “Omnos” cantada na língua Gaulesa, a pesadíssima “Kingdom Come Undone” e “Quoth the Raven” foram exaltadas pela plateia, que cantavam, pulavam e se comunicavam com os integrantes principais da banda, Anna Murphy - que é vocalista e toca o incomum Hurdy-Gurdy, uma espécie de viola de corda - e também o vocalista e multi-instrumentista Chrigel Glanzmann. No meio da apresentação, um dos pontos altos da noite foi a sessão acústica com as músicas “Memento”, “Brictom” e a bela “A Rose for Epona” que foram acompanhadas a plenos pulmões pelo público.

Depois de dezoito canções, a banda ainda teve forças para retornar ao palco com os integrantes vestindo camisetas da seleção Brasileira e clamando novamente seu amor pelo Brasil. Como forma de despedida, tocaram seu hino “Inis Mona” e é claro sua canção de encerramento “Tegernako”, entregando um ótimo show ao público paulistano.

Ver um show deste estilo intitulado “Folk Metal” é uma experiência nova para quem não conhece o estilo, mas é algo muito estimulante, pois a energia propagada pela banda e pelo público é contagiante! Foi um prato cheio para todos os fãs e até mesmo para quem não conhecia muito bem o Eluveitie, seguramente saiu do show dos suíços com ótimas vibrações.

Set List:

Origins
King
Nil
From Darkness
Uis Elveti
Thousandfold
Primordial Breath
Sucellos
Omnos
De Ruef vo de Bärge / The Call of the Mountains Inception
Memento (acoustic)
Brictom (acoustic)
A Rose for Epona (acoustic)
The Nameless
Kingdom Come Undone
The Silver Sister 
Quoth the Raven 
Alesia

Bis:
Inis Mona 
Tegernakô

Agradecimentos ao Durr Campos e a Dark Dimensions pela atenção e credenciamento.


Pesquisa

Redes Sociais

Newsletter