Metal Singers – Clash Club, São Paulo – 24/01/2015











Por Rogério Talarico
Fotos por Bárbara Martins 

Se alguém pensa que o Metal está morto, certamente não esteve presente na Clash Club no dia 24 de Janeiro, na Clash Club em São Paulo. Metal Singers é um projeto que reúne algumas das maiores vozes do Metal e é realizado para os fãs curtirem em uma única noite, várias experiências com seus vocalistas prediletos. Nesta primeira edição, foram reunidos nada mais nada menos que Udo Dirkschneider (ex-Accept/U.D.O.), Tim Ripper Owens (Ex-Judas Priest/Dio Diciples), Blaze Bayley (ex-Iron Maiden/Blaze) e também Michael Vescera (Ex-Loudness, ex-Yngwie Malmsteen, ex-Dr. Sin).

Organizada pelo Manifesto e pela Open The Road, a festa teve início pontualmente as 19h com Mike Vescera abrindo a noite executando músicas de sua carreira, devidamente acompanhado pelos ótimos músicos Raphael Gazal e Lely Murray nas guitarras, Gustavo Franceschet na bateria e Lennon Biscasse no baixo – todos da ótima banda brasileira Tailgunners – e juntos empolgaram o público com canções como as ótimas “Never Die” e “Vengeance”, ambas do Yngwie Malmsteen e também “Soldier of Fortune” de sua carreira com o Loudness.

Com uma pausa de poucos minutos, o próximo a se apresentar nesta mágica noite foi o exímio Blaze Bayley. Com “Voices from the Past” de seu álbum solo “The Man Who Would Not Die” lançado em 2008 abriu sua apresentação e foi fortemente aplaudido. Com sua costumeira empolgação única, Blaze correu de um lado pro outro durante toda sua apresentação e interagiu com seu público como se estivesse fazendo um show para um milhão de pessoas, característica que aprendeu juntamente ao Iron Maiden e carrega consigo desde então. Ainda foram executadas nesta empolgante apresentação músicas da ‘Donzela’ como “Man on the Edge”, a emocionante “Como Estais Amigos”, a estonteante “The Clansman” e encerrou seu show solo com “Fear Of The Dark”.

Ripper subiu ao palco pontualmente às 20h10min e baseou seu show basicamente em canções do Judas Priest. O vocalista mostrou em sua apresentação de aproximadamente 30 minutos o porquê é considerado uma das grandes vozes do Metal da atualidade e arrancou gritos e empolgação do público em canções como “Jugulator” e “Death Row” de sua época no Judas Priest e também em no hit “Painkiller”.

Às 20h40min, Udo Dirkschneider, a lenda viva entrou ao palco literalmente ovacionado pelo público, Começando por uma dobradinha de sua carreira solo, “Animal House” e “They Want War” foram tocadas mas não menos aplaudidas. Porém ao iniciar “Princess of the Dawn” que o público realmente entrou no clima do vocalista, que é pequeno apenas de tamanho e possui um carisma e alcance vocal grandioso. Ainda em sua apresentação, o vocalista alemão ainda cantou “Metal Heart” e o hino “Fast as a Shark”.

Resolvendo presentear os fãs, os 4 vocalistas subiram ao palco para fazer mais algumas execuções: Primeiramente, Bayley e Vescera homenagearam o grandioso Ronnie James Dio cantando “Man on The Silver Mountain” e “Long Live Rock 'n' Roll” juntamente com seus fãs. Os próximos a subirem no palco foram Ripper e Blaze cantando “Wrathchild” do Iron Maiden e após, com Ripper ainda no palco, Udo deu as caras para ambos executarem “Balls to the Wall”, clássico absoluto do Accept. Com os quatro vocalistas juntos, encerrando a noite ainda foi executada “Living After Midnight” do Judas Priest, sendo cantada a plenos pulmões por todos os fãs presentes. Sem dúvidas um ótimo show e um grande presente para cada um presente nesta noite, iniciando o ano de 2015 de uma forma única para os amantes de Metal.

Set List:

Mike Vescera:

Seventh Sign (Yngwie J. Malmsteen)
Never Die (Yngwie J. Malmsteen)
Vengeance (Yngwie J. Malmsteen)
Soldier of Fortune (Loudness)
You Shook Me (Loudness)

Blaze Bayley:

Voices from the Past (Blaze Bayley)
Man on the Edge (Iron Maiden)
Como Estais Amigos (Iron Maiden)
The Clansman (Iron Maiden)
Fear Of The Dark (Iron Maiden)

Tim "Ripper" Owens:

Jugulator (Judas Priest)
Grinder (Judas Priest)
You Got Another Thing Comin' (Judas Priest)
Painkiller (Judas Priest)
Death Row (Judas Priest)

Udo Dirkschneider:

Animal House (U.D.O.)
They Want War (U.D.O.)
Princess of the Dawn (Accept)
Metal Heart (Accept)
Fast as a Shark (Accept)

Metal Singers:

Man On The Silver Mountain (Rainbow cover)
Long Live Rock 'n' Roll (Rainbow cover)
Wrathchild (Iron Maiden cover)
Balls to the Wall (Accept song)
Living After Midnight (Judas Priest cover)

Agradecimentos a Damaris Hoffman da Hoffman & O’Brian e ao Manifesto Bar pela atenção e credenciamento.

Pesquisa

Redes Sociais

Newsletter