Foo Fighters - Estádio do Morumbi, São Paulo - 23/01/2015


Por Rogério Talarico
Fotos gentilmente cedidas por Marcelo Rossi e Rafael Koch Rossi|T4F 

O ano de 2015 começou de forma magnífica para os amantes do Rock no Brasil. O primeiro grande show internacional que o país recebeu foi da banda Foo Fighters, grupo mundialmente conhecido pelos grandes hits que embalaram o final dos anos 90 e início dos anos 2000.

A banda capitaneada pelo ex-baterista do Nirvana, foi formada após o fim do grupo pertencente ao movimento Grunge. Porém, Dave Grohl não ficou ofuscado pelo final de sua ex-banda, assumiu os vocais e criou uma nova identidade, sendo considerada uma das maiores bandas de rock da atualidade.

Após os shows de abertura das bandas Raimundos e Kaiser Chiefs, a banda atualmente composta por Chris Shiflett e Pat Smear nas guitarras, Nate Mendel no baixo, pelo exímio Taylor Hawkins na bateria e também pelo tecladista convidado Rami Jaffee, cumpriu com sua agenda e após muita chuva na cidade de São Paulo subiu ao palco pontualmente às 21h15min ao som de “Something From Nothing” de seu novo álbum, "Sonic Highways".

Tocando para um público de 55 mil pessoas completamente alvoroçadas, a banda então tocou “The Pretender”, única música executada do álbum ‘Echoes, Silence, Patience and Grace’ e ao término desta canção o público foi presenteado por uma chuva de papel picado vermelho. É claro que canções como “Learn to Fly”, “Breakout” e “My Hero” não poderiam ficar de fora, sendo que esta última foi ovacionada por todo o público.

O palco da banda continha uma enorme passarela que o ligava até meio do estádio o que poderia fazer toda a banda se aproximar ainda mais de cada fã, porém Grohl foi o único que utilizou o recurso por diversas vezes. Após algumas firulas de guitarra, o grupo iniciou a introdução de “War Pigs” do Black Sabbath, fazendo o público cantar, pular e aplaudir. Tocando somente a introdução da nova “In The Clear”, a banda interrompeu-a e Dave exclamou que somente tocaria o que quisesse e começou então “Monkey Wrench” para a alegria dos fãs.

Assumindo um violão, Grohl cantou a calma “Skin and Bones” acompanhado por Jaffee tocando uma acordeon. Ao iniciar “Wheels”, um casal subiu ao palco e o rapaz chamado Vinícius pediu sua noiva Mônica em casamento, sendo aplaudido pela plateia e 'abençoado' pelo grupo.

“Times Like These” começou de forma acústica também porém no meio da canção, um pequeno palco giratório emergiu do meio da passarela, finalmente fazendo toda banda ficar próxima de seus fãs, que com certeza se empolgou muito mais com esta ação. Com essa configuração de palco foram executadas ainda algumas músicas covers como “Detroit Rock City” do Kiss, “Stay With Me” do The Faces, “Tie Your Mother Down” com Taylor nos vocais e Dave assumindo a bateria – dando um 'gostinho' do passado para os fãs presentes do Nirvana -  e “Under Pressure” do Queen, todas as canções executadas em uma versão um pouco mais demorada do que as normais.

Voltando para o palco, riffs das guitarras de Chris, Pat e Dave indicaram o início de “All My Life” que incendiou o estádio, porém também teve uma versão um pouco mais longa que a gravada, esfriando um pouco o clima da canção. Ainda foram tocadas a agitada “These Days”, a nova “Outside” e também os grandes hits de sua carreira como a ótima “Best of You” – desta vez com o público estendendo a canção mais do que devia e sendo 'repreendido' por Dave, que avisou que a música já havia acabado, descontraindo seus fãs - e a belíssima “Everlong”. Com a chuva voltando a cair sobre a cidade de São Paulo a apresentação se encerrou com o vocalista agradecendo ao público pela incrível experiência de ter tocado novamente em São Paulo.

Mesmo com o volume do som um pouco baixo durante todo o show, a banda que sequer fez o costumeiro bis cumpriu com o prometido e tocou grandes sucessos de toda sua carreira e, após se apresentar anteriormente em festivais no país, mostrou que merecia e entregou uma noite única aos seus fãs.

Set List:

Something From Nothing
The Pretender
Learn to Fly
Breakout
Arlandria
My Hero
Congregation
Walk
Cold Day in the Sun
I'll Stick Around
Monkey Wrench
Skin and Bones
Wheels
Times Like These
Detroit Rock City (Kiss)
Stay With Me (The Faces)
Tie Your Mother Down (Queen)
Under Pressure (Queen & David Bowie)
All My Life
These Days
Outside
Best of You
Everlong


Agradecimentos a Tatiane Ito da Time For Fun pela atenção e credencimento.

Pesquisa

Redes Sociais

Newsletter