Crashdiet & Richie Kotzen - Carioca Club, São Paulo - 15/10/2014

Richie Kotzen e Crashdiet, dois grandes ícones do Hard Rock mundial voltaram a São Paulo e desta vez juntos, no mesmo palco.

A banda sueca Crashdiet subiu ao palco pontualmente às 20h e presenteou São Paulo com seu Hard Rock sleaze. O grupo composto por Simon Cruz nos vocais, Martin Sweet na guitarra, Peter London no baixo e Eric Young na bateria iniciou sua apresentação com "Cocaine Cowboys", single do álbum em divulgação "The Savage Playground", lançado em 2013. A banda estava muito animada e o som da casa parecia bem abafado, mas não prejudicou a calorosa apresentação.

Seguindo a noite, "Down with the Dust" do aclamado álbum "Generation Wild"  - e primeiro álbum com Simon nos vocais - foi tocado e acompanhado por boa parte do público. Em "Rebel", Simon tentou realizar um 'Wall of Death' (N.R.: Parede da morte, ação em que o público se divide e depois se confronta, muito executado em shows de Trash e Death Metal) mas não teve um bom retorno do público, que continuou imóvel.  Sem desanimar, o grupo continuou tocando sucessos como "Change the World", a agitada "Queen Obscene/69 Shots" e também o hino "Breaking the Chainz", todas em uma versão um pouco mais lenta do que a gravada em estúdio.

A pouco tocada "Falling Rain" foi a surpresa da apresentação e foi bastante ovacionada. Logo em seguida, executaram o hit "Riot In Everyone" e após quase 1 hora de um show sem muita enrolação, a banda finalizou sua boa apresentação com "Generation Wild".

Richie Kotzen já é figurinha bastante conhecida aqui no Brasil, já marcou várias presenças solo em território nacional, já gravou CD e DVD em São Paulo, já passou por aqui com sua outra banda, The Winery Dogs e em todas as vezes o público agradeceu e compareceu em peso em todos os shows. Nesta última apresentação não foi diferente e o mestre das seis cordas retornou mais uma vez acompanhado pelo carismático Mike Bennett na bateria e Dylan Wilson no baixo. Iniciando com "War Paint", seu novo single, o guitarrista soube começar muito bem sua apresentação.

O guitarrista que possui mais de 20 álbuns solos gravados soube muito bem conduzir sua apresentação e focou essa noite somente em seus trabalhos autorais e quem estava afim de ouvir  canções de suas antigas bandas como Poison e Mr. Big ou até mesmo do trio The Winery Dogs talvez tenha ficado um pouco desapontado mas certamente não saiu insatisfeito.  Canções como "Bad Situation", a nova "Cannibals" e seu ótimo groove, "Fear" e "Peace Sign" levaram o público ao delírio.

Kotzen ainda abriu um espaço para seus companheiros  mostrarem que seu show não é feito somente de guitarras e deixou o palco para Mike e Dylan fazerem uma Jam e entreterem o público.  Em sua volta, Kotzen assumiu a bateria no lugar de Bennett e iniciou "Help Me!" de uma forma descontraída, alegrando os fãs.  Depois de "What Is" e "Fooled Again", Kotzen começou  "You Can´t Save Me", talvez seu maior hit e foi acompanhado por todo o público paulistano.

Após uma breve saída do palco, o guitarrista voltou e executou a rápida "Go Faster", deixando o público mais que contente nesta noite de Quarta-Feira, depois dessas estrondosas apresentações.

Set List Crashdiet:

1. Cocaine Cowboys 
2. Down With The Dust
3. Rebel 
4. Native Nature
5. Change The World 
6. So Alive
7. Queen Obscene/69 Shots 
8. Breakin’ The Chainz
9. Falling Rain
10. Riot In Everyone
11. Generation Wild

Set List Richie Kotzen:

1. War Paint 
2. Love Is Blind 
3. Bad Situation 
4. Cannibals 
5. Walk With Me 
6. Fear 
7. Doin' What the Devil Says to Do 
8. Peace Sign 
9. Jam (Mike Bennett e Dylon Wilson)
10. Help Me 
11. What Is 
12. Fooled Again 
13. You Can't Save Me

Bis:

14. Go Faster

Agradecimentos a Heloísa Vidal da Free Pass Entretenimento pela atenção e credenciamento.

Pesquisa

Redes Sociais

Newsletter