07/09/2014 - Death no Via Marquês em São Paulo

Por Laís Tomaz
Fotos por Leandro Cherutti
 

No último domingo, dia 07 de setembro, o Death - DTA desembarcou em São Paulo para fazer um ótimo show e celebrar a memória do grande Chuck Schuldiner. O Via Marquês já estava lotado quando as cortinas finalmente se abriram as 21h e os primeiros riffs da clássica The Philosopher começaram a soar.

Apesar de alguns problemas técnicos com a guitarra de Bobby Koelble, o combo matador de Leprosy e Left to Die não deixou a desejar, na sequência ouvimos Living Monstrosity que para compensar a anterior, contou com um ótimo solo de Bobby e Suicide Machine, que gerou uma intensa interação entre o público e os integrantes da banda que faziam coro com todos os presentes.

O baixista Steve DiGiorgio foi o porta-voz da banda e após relembrar a todos que a grande razão de estarmos reunidos ali naquela noite era a celebração da vida e genialidade de Chuck Schuldiner, foi a vez de revisitar o aclamado "Individual Thought Patterns" de 1993 através de In Human Form. Após Lack of Comprehension, voltamos mais ainda no tempo com Spiritual Healing e Within The Mind, com destaque a incrível técnica do baterista Sean Reinert.

Sem mais delongas, foi a vez da rápida Flattening of Emotions do álbum "Human" de 1991 e um solo de bateria de Sean. Chegou a vez do penúltimo álbum do Death, o perfeito "Symbolic". Max Phelps que até então estava a frente dos vocais e guitarra, deu lugar a Markus Lempsch e ouvimos Symbolic e Zero Tolerance, nesse momento do show os vocais ficaram um tanto encobertos pelo instrumental, mas nada que abalasse a empolgação do público. Bite the Pain de "The Sound Of Perseverance", último registro da banda, foi seguido de Overactive Imagination e uma visita ao debut "Scream Bloody Gore" com Zombie Ritual e Baptized in Blood, encerrando assim a participação de Markus Lempsch.

O retorno de Max aos palcos contou uma ressalva feita por Steve: "É preciso muita coragem para estar no centro desse palco, cantar as letras e tocar as linhas de Chuck". Ressalva essa que foi seguida de aplausos calorosos dirigidos a Max que realmente fez um ótimo trabalho naquela noite. Para encerrar da melhor forma possível, contamos com mais dois clássicos: Crystal Mountain e Pull the Plug.

Setlist:
1 - The Philosopher
2 - Leprosy / Left To Die
3 - Living Monstrosity
4 - Suicide Machine
5 - In Human Form
6 - Lack of Comprehension
7 - Spiritual Healing
8 - Within The Mind
9 - Flattening of Emotions
10 - Symbolic
11 - Zero Tolerance
12 - Bite the Pain
13 - Overactive Imagination
14 - Zombie Ritual / Baptized In Blood
15 - Crystal Mountain
16 - Pull the Plug

Para conferir mais fotos e em alta resolução, clique nas miniaturas das fotos ou clique aqui.

Agradecimentos ao Costábile Salzano Jr da The Ultimate Music pela atenção e credenciamento.


Pesquisa

Redes Sociais

Newsletter