Deicide & Children Of Bodom - Carioca Club, São Paulo - 25/05/2014

Por Leandro Cherutti

A década de 80 e inicio de 90, foi um período muito fértil para a música extrema, em especial ao Death Metal. Em um curto período de tempo, o movimento conseguiu rapidamente se fortificar ao redor do mundo, ganhando notoriedade e respeito. Novas bandas surgiam a todo o momento e em meio toda esta ebulição, um respeitável nome surgiu nos Estados Unidos da América, contribuindo de forma importante para o crescimento da cena. O grupo ao qual me refiro é o Deicide. Já no final dos anos 90, uma vertente mais melódica do estilo, crescia de forma considerável em toda Escandinávia. Na Finlândia em especial, se formou em 1997 à banda Children of Bodom, que atualmente se tornou um ícone desse modelo musical. No ultimo dia 25 de maio, a cidade de São Paulo teve o privilégio de receber ambas as bandas em um show único no Carioca Club.

O mau tempo foi à tônica do domingo, uma garoa caiu sobre a capital de forma constante, fazendo jus ao apelido da cidade “terra da garoa”. O frio também chegou neste dia em especial, mas ambos os fenômenos naturais não prejudicaram a chegada dos fãs ao recinto. Para o alivio de todos a casa teve sua abertura às 17h, desta forma o público pode entrar e se refugiar do clima úmido e gelado. Após 2h de espera, finalmente chegou o momento da primeira atração e esta missão ficou a cargo dos americanos do Deicide, que abriram sua apresentação com a fortíssima Homage for Satan. Neste instante, o que me chamou à atenção, foi o pedestal personalizado de Glen Benton, nele continha um suporte para partitura, com a inscrição Deicide estampado em sua parte inferior. Olhando para este objeto, imediatamente pensei: Será que Glen esqueceu as letras? Eu só fui conseguir desvendar o mistério no decorrer do show. Na seqüência tivemos três excelentes canções, sendo elas: Dead by Dawn, Once Upon the Cross e Scars of the Crucifix.

A seguir, tocaram duas novas composições In the Minds of Evil e Thou Begone. Foi neste momento que obtive a resposta que tanto buscava, notei que Glen Benton às vezes olhava para as partituras que estavam sobre o suporte, com isto cheguei à conclusão que ali estavam às letras das faixas mais recentes, letras as quais o vocalista lia com aquele famoso olhar rabo de olho. Mas com certeza ninguém se preocupou com tal fato.

O Deicide, sem duvidas é uma das bandas que conseguiria através de suas composições invocar o próprio Satanás ao palco do Carioca Club e esta série a seguir bastaria para realizar tal façanha; When Satan Rules His World, Serpents of the Light, Children of the Underworld e Behind the Light Thou Shall Rise. Atualmente o grupo é Composto pelo excelente baterista Steve Asheim, que manteve o peso e agressividade em todo o show. O músico possui um hobby bem exótico, é colecionador de armas de fogo. A dupla de guitarrista é formada por Kevin Quirion e Jack Owen, ambos se movimentam pouquíssimo no palco, no entanto possuem um vigor incansável ao manusear o seu instrumento. Jack dispensa qualquer tipo de apresentação, ele só foi um dos fundadores do também grupo norte americano Cannibal Corpse.  No vocal e baixo ficou o já citado Glen Benton. De forma intensa, o Deicide seguiu com o seu primoroso repertório, presenteando o público com as ótimas faixas Conviction, Dead but Dreaming, Trifixion, End the Wrath of God, Beyond Salvation, Misery of One e Kill the Christian. A penúltima música da noite foi o mega clássico Sacrificial Suicide e encerraram com Godkill. A banda ainda teve tempo de mimar o público distribuindo palhetas.

Em 1h de pura blasfêmia, o Deicide deu uma verdadeira aula de Death Metal, mostrando a todos o poder desse gênero musical tão contagiante. O grupo deixou o palco ovacionado.

O intervalo entre as bandas foi maior que o próprio show do Deicide, gerando uma longa espera, até que às 21h15 uma introdução finalmente colocou fim a ansiedade dos fãs, trazendo ao palco o primeiro membro do Children of Bodom, o baterista Jaska Raatikainen, que veio seguido respectivamente de Alexi Laiho (guitarra/vocal), Henkka Blacksmith (baixo), Janne Warman (teclado) e Roope Latvala (guitarra).  Ao termino da introdução o grupo mandou a faixa Sixpounder do álbum Hate Crew Deathroll de 2003. Os finlandeses possuem um estilo muito diferente do apresentado pelos americanos, e conseqüentemente fãs diferentes, por esta razão, muitos dos presentes começaram a se retirar do Carioca Club, evidentemente fãs do Deicide. Porém este abandono do evento por uma parte do público, não deixou o recinto vazio, muito pelo contrario, pois os seguidores do quinteto se “multiplicaram” e fizeram muito barulho. Alexi Laiho retribuiu toda esta euforia com agradecimentos e muita música. As próximas foram Living Dead Beat, Bodom Beach Terror e Halo of Blood. A banda possui uma boa presença de palco, os três homens de frente Henkka, Alexi e Roope se alternam constantemente durante toda a apresentação. O repertório continuou com as canções Scream for Silence, Hate Crew Deathroll, Lake Bodom, Follow the Reaper e Dead Man's Hand on You. Com um show extremamente energético, os finlandeses seguiram fazendo a alegria de seus fãs com as faixas Blooddrunk, Angels Don't Kill, Towards Dead End, Hate Me e Downfall. Para a saideira o grupo reservou a canção In Your Face, que conseguiu de forma empolgante finalizar esta boa apresentação dos finlandeses em São Paulo.

Foi um show que dividiu opiniões, pois muitos dos fãs não concordaram em ver uma banda como o Deicide abrindo este espetáculo, até porque o grupo possui uma trajetória de suma importância na cena mundial. Mas deixando estas opiniões de lado, ambas as bandas realizaram um ótimo show.

Setlist - Deicide

1. Homage for Satan
2. Dead by Dawn
3. Once Upon the Cross
4. Scars of the Crucifix
5. In the Minds of Evil
6. Thou Begone
7. When Satan Rules His World
8. Serpents of the Light
9. Children of the Underworld
10. Behind the Light Thou Shall Rise
11. Conviction
12. Dead but Dreaming
13. Trifixion
14. End the Wrath of God
15. Beyond Salvation
16. Misery of One
17. Kill the Christian
18. Sacrificial Suicide
19. Godkill

Setlist – Children of Bodom

1. Sixpounder
2. Living Dead Beat
3. Bodom Beach Terror
4. Halo of Blood
5. Scream for Silence
6. Hate Crew Deathroll
7. Lake Bodom
8. Follow the Reaper
9. Dead Man's Hand on You
10. Are You Dead Yet?
11. Blooddrunk
12. Angels Don't Kill
13. Towards Dead End
14. Hate Me!
15. Downfall
Bis:
16. In Your Face

MAIS FOTOS DAS APRESENTAÇÕES, CLIQUE AQUI.

Agradecimentos a Heloísa Vidal da Free Pass Entretenimento pela atenção e credenciamento.

Pesquisa

Redes Sociais

Newsletter