De La Tierra se apresenta em São Paulo nesta quarta-feira, dia 1 de Novembro

O supergrupo latino De La Tierra realiza show de lançamento do novo álbum “II” em São Paulo, dia 1 de novembro (quarta-feira), no Tropical Butantã. O novo álbum do De La Tierra foi produzido por Ross Robinson, que já trabalhou com Korn, Slipknot e Sepultura, e foi lançado em todo o Brasil pela Sony Music. O show é em parceria com o projeto Honorsounds e a banda Armored Dawn, que será co-headliner do evento.


Os ingressos custam de R$ 60,00 até R$ 120,00 e estão à venda no site da Ticket Brasil e pontos de venda. 

O De La Tierra está em ótima fase em sua carreira e o grupo é formado pelo ícone Andreas Kisser do Sepultura (guitarras e voz), Alex Gonzalez do Maná (bateria e voz), Andrés Gimenez, do A.N.I.M.A.L (voz e guitarra) e Sr. Flavio do Fabulosos Cadillacs (baixo e voz). No Brasil, o supergrupo latino já se apresentou do renomado festival Monsters of Rock em 2015 e do Rock in Rio no mesmo ano.

Confira videoclipe de “De La Tierra - Puro”: https://youtu.be/47lA_KRCStQ

A banda Armored Dawn formada em 2014 em São Paulo é uma das atrações do evento. O grupo vem conquistando seu espaço na cena de metal brasileiro e já se apresentou nas principais capitais do país como convidada de vários medalhões do rock mundial tais como: Megadeth, Symphony X, Rhapsody, Tarja, Marillion, Offspring e Sabaton, além da popularidade recém conquistada em solo brasileiro a banda realizou uma grande tour pela Europa no início de 2017 ao lado do Fates Warning, tocando nas principais cidades da Alemanha, Holanda, República Tcheca, Hungria e Eslováquia.

Neste show com o De La Tierra, a banda Armored Dawn fará o show de lançamento de “Barbarian in Black”, novo álbum produzido por Kato Khandwala (Pretty Reckless, Papa Roach) e Bruno Agra (We are Harlot). O primeiro single “Sail Away”, ganhou vídeo clip com uma produção épica e já atinge a marca de 500 mil visualizações no youtube.

Confira o videoclipe de “Armored Dawn - Sail Away”: https://youtu.be/STM8NaGKCmM

O evento acontece dentro da plataforma HonorSounds que é um projeto de comunicação e música ao vivo interligado a ações sócio-culturais. A atividade principal da plataforma é unir a paixão pela música com a caridade. O grande objetivo do projeto é promover ações sociais angariando doações que vão desde alimentos não-perecíveis, brinquedos, livros, roupas até porcentagem dos shows, fomentando o benefício da meia-entrada para todos através do bilhete promocional que conta com uma campanha chamada #CorridaContraFome. Trata-se de uma saudável gincana onde o fã que arrecadar maior número de doações individuais é contemplado com a oportunidade de viver uma full experience no evento em questão além de conhecer seu artista favorito. A HonorSounds trabalha em uma parceria próxima com uma das instituições sociais sem fins lucrativos mais conhecidas do Brasil e que depende 100% das doações para funcionar: Casas André Luiz.

Confira o serviço completo do show: CLIQUE AQUI

Fonte: Hoffman & O´Brian

 

Pain Of Salvation: Anunciada turnê Sul Americana para Fevereiro de 2018

Os fãs do Pain Of Salvation já podem comemorar; a turnê do aclamado “In The Passing Light Of Day” passará pelo Brasil em fevereiro de 2018 – serão 4 datas no Brasil e 1 na Argentina.

A produção é da TC7 produções, responsável pelas últimas três visitas do Pain Of Salvation ao Brasil.

As datas da turnê Sul Americana serão as seguintes:

01/02 – Rio de Janeiro/RJ @Teatro Rival
02/02 – Belo Horizonte/MG @Granfinos
03/02 – Limeira/SP @Bar da Montanha
04/02 – São Paulo/SP @Carioca Club
06/02 – Buenos Aires/AR @Roxy Live

Os detalhes de cada show serão divulgados nos próximos dias.

O Pain Of Salvation virá ao Brasil com um grande atrativo; a volta do guitarrista Johan Hallgren, um dos membros mais queridos pelos fãs da banda, que esteve desde o começo, e em seus discos clássicos.

“In The Passing Light Of Day” é o décimo álbum de estúdio do Pain Of Salvation, e traz um resgate ao Prog Metal que consolidou a banda como uma das gigantes do gênero.

Assista o Pain Of Salvation no Hellfest que rolou alguns meses atrás

A formação atual traz Daniel Gildenlöw (vocal e guitarra), Johan Hallgren (guitarra, vocais), Léo Margarit (bateria e vocais), Daniel Karlsson (teclados, vocais) e Gustaf Hielm (baixo, vocais).

Páginas relacionadas:

www.facebook.com/Painofsalvation/
www.facebook.com/tc7producoes/
www.facebook.com/lanciare/

Fonte: Lanciare

 

In Flames – Via Marquês, São Paulo – 14/10/2017


Por Rogério Talarico
Fotos por Bárbara Martins


Após 8 anos de sua última passagem pelo país, os suecos do In Flames retornaram ao Brasil para 4 shows, em divulgação de seu mais recente disco intitulado “Battles”, lançado no ano passado.

Com o Via Marquês lotado e com uma iluminação bastante escura e muita fumaça, o grupo liderado por por Anders Fridén nos vocais, Björn Gelotte e Niclas Engelin nas guitarras, Joe Rickard na bateria e o mais novo baixista Bryce Paul subiu ao palco com um atraso quase imperceptivel de 10 minutos ao som de “Drained” emendada por “Before I Fall”, ambas canções do álbum em divulgação.

A banda que possui músicas bem pesadas porém com melodias harmoniosas resolveu cumprimentar seu público e, sem mais delongas, presenteou o público paulistano com 3 de seus maiores hits na sequência:  “Take This Life”,  “Trigger” e “Only for the Weak” que foi cantada por todos os presentes na casa de show.

A noite estava apenas começando e o In Flames ainda estava apenas se aquecendo. Anders passeava pelo palco com muita garra e interagia com toda sua banda de forma carismática, e um dos momentos marcantes do show foi em “Moonshield” que o vocalista pegou o celular de um de seus fãs que estava mais próximo da grade e filmou todos seus colegas, dando muita risada e interagindo o público.

Dentre as tantas ‘pedradas’  que a banda tocou, “Alias” foi uma das mais exaltadas da noite, assim como as músicas que vieram a seguir como “The Truth” e “Deliver Us”. Um destaque no palco é o guitarrista Björn que assim como o vocalista, interage demais com seus companheiros e também com seus fãs.

O In Flames é uma banda que aguenta a pegada de quase 2 horas de show sem desanimar e com o mesmo carisma durante todo seu show. O final da apresentação foi marcado por mais brincadeiras e perfeitas execuções das músicas como “The Quiet Place” do conhecido álbum “Soundtrack to Your Escape” (2004), “Cloud Connected” e a pesadíssima “The End” que fechou a apresentação dos suecos, que sairam ovacionados do palco. Esperamos que não demorem mais 8 anos para retornar ao país.

A produtora Libertaion Music Company é conhecida por acertar perfeitamente nas escolhas das bandas de abertura e nesta noite não seria diferente. A show de introdução da noite ficou à cargo dos brazucas da “Reckoning Hour”.

Os cariocas entregaram um show digníssimo ao público paulistano que, se houvesse algum desavisado dentro da casa de shows, acharia que aquela era a banda principal da noite, tamanho o peso e qualidade entregada nas canções das músicas feitas pelos integrantes Jp nos vocais, Phillip Leander e Lucas Brum nas guitarras, Johnny Kings na bateria e Fábio Bianna no baixo. Vindo à São Paulo para divulgar o disco “Between Death and Courage” lançado em 2016, a banda tocou por cerca de 30 minutos e animou de forma impar os fãs do grupo sueco e certamente levaram alguns fãs para casa.


Agradecimentos ao Costábile Salzano Jr. Da The Ultimate Press pela atenção e credenciamento.


Set List In Flames:

Drained
Before I Fall
Everything's Gone
Take This Life
Trigger
Only for the Weak
Dead Alone
Darker Times
Drifter
Moonshield
The Jester's Dance
Save Me
Alias
Here Until Forever
The Truth
Deliver Us
The Mirror's Truth
The Quiet Place
Cloud Connected
The End

 

Zakk Sabbath confirma turnê com 5 shows pelo Brasil

O Black Sabbath se despediu recentemente dos palcos, mas a história do Zakk Sabbath está apenas começando. O impressionante tributo de luxo que conta com Zakk Wylde (Black Label Society, Ozzy Osbourne), Blasko (Ozzy Osbourne, Rob Zombie) e Joey Castillo (Eagles Of Death Metal, Queens Of The Stone Age, ex-Danzig, Bl’ast!, Scott Weiland and the Wildabouts), acaba de confirmar importante turnê pelo Brasil.

Após shows em diversas cidades dos EUA como New York, Houston, Dallas, Atlanta, Chicago, Denver, Seattle, Portland, San Francisco e Los Angeles, um dos dream teams mais respeitados do rock pesado mundial, promete encantar o público brasileiro com clássicos de uma das maiores bandas da história do heavy metal.

Os compromissos do Zakk Sabbath no Brasil são os seguintes:
14/11 – Hermes Bar – Curitiba
15/11 – Opinião – Porto Alegre
17/11 – Circo Voador – Rio de Janeiro
18/11 – Carioca Club – São Paulo
19/11 – Music Hall BH – Belo Horizonte


A venda de ingressos, em todas as cidades, começa nesta sexta-feira (04/08). Mais informações serão reveladas nos próximos dias.

Zakk comentou como surgiu o nome desta homenagem. “Obviamente que para qualquer músico de heavy metal, você precisa aprender a tocar clássicos do Sabbath. Estávamos fazendo um desses divertidos Metal All-Stars e eu perguntei: ‘Blasko, quais músicas você quer tocar?’. Ele respondeu: 'Vamos apenas fazer o Zakk Sabbath!'. Portanto, só queremos continuar a rezar falar o evangelho”.

O artista também falou sobre a sua decisão em realizar este tributo. “A música que você ouve em sua juventude, você carrega para o resto da vida. Então, não há diferença em tocar essas músicas no palco agora ou para nossos amigos quando tínhamos 15 anos de idade... Black Sabbath só mostra como a música é atemporal e estamos aqui para perpetuar ainda mais esta obra”.

O repertório base das apresentações geralmente contam com os seguintes clássicos e algumas surpresas:
Snowblind
Children of the Grave    
War Pigs
Fairies Wear Boots
Into the Void
Supernaut
N.I.B.
Lord of This World
Wicked World    
Behind the Wall of Sleep
A National Acrobat
Hand of Doom
Sabbra Cadabra


Zakk Wylde, nome artístico de Jeffrey Phillip Wiedlandt, é um dos guitarristas mais importantes das últimas décadas. O músico se tornou ícone do heavy metal ao figurar o line-up do projeto solo de Ozzy Osbourne entre 1987 e 1995, no ano de 1998, entre 2001 e 2004, entre 2006 e 2009, retornando ao seu posto nas últimas semanas. Foram sete discos de estúdio e três álbuns ao vivo, dividindo seu tempo com o Black Label Society, em que já lançou elogiados 12 registros.

Recentemente, o Zakk Sabbath lançou LP ao vivo “Live In Detroit”. A banda já disponibilizou um clipe para “War Pigs”. O novo trabalho, que terá também “Supernaut” e “Fairies Wear Boots”.


Fonte: The Ultimate Music

 

Mike Portnoy's Shattered Fortress: últimos ingressos à venda para única apresentação no Brasil

Após irretocável performance com a The Neal Morse Band, Mike Portnoy, um dos maiores e melhores bateristas de todos os tempos, está prestes a retornar ao Brasil para mais uma apresentação histórica.

O ilustríssimo artista traz o impressionante Mike Portnoy's Shattered Fortress, impressionante projeto solo ao lado dos músicos do Haken e com participação do virtuoso guitarrista Eric Gillette (The Neal Morse Band) para único show no País, confirmado para o próximo dia 21 de outubro, no Carioca Club, em São Paulo.

Como está provavelmente é a única chance dos fãs brasileiros assistirem ao Mike Portnoy tocando músicas do Dream Theater, a procura por ingressos é grande desde o anúncio desta apresentação.

Assista a mensagem de Mike Portnoy ao público emhttps://www.youtube.com/watch?v=_pbfgKCUuNE.

Os últimos ingressos estão à venda pelo site do Clube do Ingresso (http://www.clubedoingresso.com/mikeportnoys) e pontos autorizados na capital paulista, Barueri, Carapicuiba, Jandira, Osasco, Santo André, São Caetano do Sul, São José do Rio Preto, Curitiba e Rio de Janeiro (http://www.clubedoingresso.com/ondecomprar). Mais informações no serviço abaixo.

O repertório é composto por diversos clássicos do Dream Theater, tendo em destaque a execução na integra de “12 Step Suite”, que conta músicas que relatam a sua luta contra o alcoolismo. Confira o setlist base da turnê que já passou por diversos países da Europa e várias de cidades dos EUA:
Regression
Overture 1928
Strange Déjà Vu
The Mirror
The Glass Prison
This Dying Soul
The Root of All Evil (Eric Gillette no vocal)
Repentance (Mike Portnoy nos vocais e Raymond Hearne na bateria)
The Shattered Fortress
Home
The Dance of Eternity
Finally Free


Michael Stephen Portnoy nasceu no dia 20 de abril de 1967 e ficou mundialmente famoso como baterista formador da banda norte-americana Dream Theater. Sua técnica rendeu a conquista de mais de 30 prêmios concedidos pela na Modern Drummer magazine e é o segundo mais jovem artista a ser incluído no Modern Drummer's Hall of Fame.

A partir de “A Change of Seasons”, Portnoy escreveu e compôs diversas músicas,  também co-produziu seis disco do Dream Theater ao lado do gruitarrista John Petrucci, começando com “Metropolis Pt. 2: Scenes” até “Memory through Black Clouds and Silver Linings”.

Em Setembro de 2010, Portnoy anunciou sua saída do Dream Theater, após 25 anos de parceria. Após isso, o baterista formou os supergrupos Liquid Tension Experiment, Transatlantic e Flying Colors, gravou e excursionou com Neal Morse, OSI, Hail!, Stone Sour, Fates Warning, Overkill, G3, Avenged Sevenfold, Adrenaline Mob, The Winery Dogs, além do  mais recente, o Sons of Apollo.

Para mais informações sobre a aprensetação em São Paulo, clique aqui.

Fonte: The Ultimate Music

 

Pesquisa

Redes Sociais

Shows do mês:


 

Newsletter