Evergrey - Teatro do CIEE, Porto Alegre - 28/07/2011

Por Carol Flores

Porto Alegre tem passado por certas dificuldades quando o assunto é shows de metal, duas delas são gritantes: o pouco público presente nos shows e as poucas opções de lugares para realização desses eventos. Algumas produtoras insistem na realização desses shows, confiando no pouco, mas fiel, público gaúcho. A noite do dia 28 de julho exemplifica essa situação, com os suecos da banda EVERGREY tocando para uma pequena audiência em um teatro não tão conhecido pelos bangers porto-alegresenses. (Teatro do CIEE). Engana-se, porém, quem pensou que por isso o show não correspondeu às expectativas.

Pouco depois do horário previsto, Tom Englund (vocal e guitarra), Rikard Zander (teclado), Marcus Jidell (guitarra), Johan Niemann (baixo) e Hannes Van Dahl (bateria) sobem no palco para alegria dos fãs que esperavam confortavelmente no teatro desde as 20 horas para o início do show. A diferença de idade entre os presentes era grande, dos mais jovens até pessoas mais velhas, mas todos se uniram a Tom para cantar em coro “Leave It Behind Us” música de abertura do mais recente álbum da banda “Glorius Collision”(2011).

O show segue com as ótimas e pesadas “Monday Morning Apocalypse”, do álbum de mesmo nome, e “As I Lie Here Bleeding”, primeira a ser executada do álbum “Recreation Day” (2003). Marcus, Johan e Hannes, que entraram na banda ano passado,  logo se adaptam ao entusiasmo dos fãs brasileiros e demonstram ser músicos a altura do EVERGREY.

“The Masterplan”, “Rulers Of The Mind” e “Mark Of The Triangle” são as próximas, todas do álbum conceitual “In Search Of Truth” (2001). Entre as músicas Tom interage bastante com os fãs, dando palhetas e até mesmo autógrafos. A próxima música, o single “Wrong” do álbum “Glorius Collision”, é dedicada às mulheres e executada perfeitamente pela banda, com destaque para os vocais de Tom.

Em “Blinded” o público volta a se animar cantando junto com Tom que, após essa, pergunta ao público se eles queriam ouvir uma música nova ou uma mais antiga. Aceitando o pedido dos fãs, que gritavam por essa música praticamente desde o começo do show, a ótima “Solitude Within” seguida de “Nosferatu”, ambas do álbum “Solitude, Dominance, Tragedy”, são tocadas.

Pedindo para iluminar a platéia, pois queria vê-los cantar a próxima, Tom inicia a balada “I’m Sorry” e os presentes respondem às expectativas do vocalista cantando em alto e bom som. Uma das melhores músicas do “Glorious Collision”, “Frozen”, foi a responsável por fechar a primeira parte do show e a banda deixa o palco.

Rikard e Hannes retornam e iniciam “When The Walls Go Down” do álbum “The Inner Cicle” (2004). “Recreation Day” fez o público se animar novamente enquanto “Broken Wings”, única música a ser executada do álbum “Torn” (2008), preparou os presentes para o grand finale: era a vez do hit “A Touch Of Bleessing”, que finalizou a noite da melhor forma possível.

Podemos dizer que os fãs presentes, um pouco mais de 200 pessoas, foram privilegiados por presenciarem este show e fizeram a noite valer a pena. Mesmo passando por mudanças, o EVERGREY continua sendo um dos expoentes do prog metal e realizou um show que não somente comprova isso, mas também o profissionalismo e o respeito da banda com os fãs. Os cinco integrantes chegaram a atender todos os fãs que ficaram esperando para tirar uma foto, pegar um autógrafo ou apenas conversar com eles, mesmo estes estando há mais de quarenta horas sem dormir direito. Também o lugar escolhido para o show, o Teatro do CIEE, mostrou-se uma ótima opção para tais eventos, com uma ótima visibilidade do palco, conforto para o público e excelente acústica. O mérito vai todo para a produtora Abstratti, que continua investindo na cena metal em Porto Alegre apesar das dificuldades.

Setlist
Leave It Behind Us
Monday Morning Apocalypse
As I Lie Here Bleeding
The Masterplan
Rulers Of The Mind
Mark Of The Triangle
Wrong
Blinded
Solitude Within
Nosferatu
I'm Sorry
Frozen

Encore:
When The Walls Go Down
Recreation Day
Broken Wings
A Touch Of Blessing

Agradecimentos para Ricardo F. Bolsoni e a todos da Abstratti Produtora

MetalConcerts.net .:: Seu Portal de Shows de Metal

Pesquisa

Redes Sociais

Newsletter