The Iron Maidens - Estúdio Emme, São Paulo - 18/06/2011

Por Rogério Talarico
Fotos por Bárbara Martins

A banda de abertura para o show da The Iron Maidens foi a Metal Attack, que entrou no palco às 20hrs, e sem muitas delongas falaram que estavam ali para divertir o pequeno público, que se aproximava de 50 pessoas, fazendo covers de músicas dos anos 80 como Accept, AC/DC, Dio e Judas Priest deixando todos surpresos, pois a banda realmente ajudou e muito a divertir. Foram comunicativos, brincaram com o publico a todo momento, cumprindo de forma excepcional a abertura do show da The Iron Maidens, o único cover autorizado pelo próprio Maiden.

Com o palco totalmente enfeitado com placas e banners do próprio Donzela (que por sua vez usava um laço na cabeça) com a casa comportando um público bem maior que no início do show e neste momento aproximadamente 300 pessoas comportavam o Estúdio Emme, como prometido pela produtora CP Management/Rock Brigade, o show começou pontualmente às 21h15min, com as notáveis mulheres, Kirsten Rosenberg ("Bruce Chickinson"), Courtney Cox ("Adriana Smith"), Wanda Ortiz ("Steph Harris"), Linda McDonald ("Nikki McBurrain") e a mais nova guitarrista, a única sem codinome Satoru Suzuki, em sincronia e bem animadas subindo ao palco ao som do "Speech" feito pelo próprio Iron, e a famosa "Aces High", com Kirsten puxando um "Scream for me São Paulo!" no final da música, tendo um forte retorno por parte da platéia, seguido por "2 Minutes to Midnight ".

Em "Wasted Years " uma cópia bem menor do Eddie entrou ao palco para diversão do público, seguida por "Die With Your Boots On " do  disco “Piece of Mind”, música pouco tocada pelo  Maiden, fazendo os fãs relembrarem uma das melhores fases da Donzela, "Flight of Icarus" com um novo Eddie aparecendo no palco , "Killers" e "Caught Somewhere in Time”.

Uma das canções mais conhecidas da Donzela e mais queridas pelo público iniciou-se, "Wrathchild” e "22 Acacia Avenue" com a banda toda batendo palmas, com a banda evocando a agitação dos fãs, não podendo faltar canções como “The Trooper”, momento em que Kirsten entrou caracterizada ao palco, segurando a bandeira do Brasil; “The Number of the Beast”, possuindo fogo artificial e fumaça no palco e novamente um Eddie diferente, “Phantom of the Opera” e “Moonchild”, em que Linda demonstrou toda sua habilidade com as baquetas, espancando a bateria como se fosse um pequeno brinquedo.

Com a introdução de um pequeno solo, “The Evil That Men Do” iniciou-se acompanhada em uníssono pelo público, com Adriana Smith exacerbando sua habilidade na guitarra no solo contido nesta canção deixando todos insanos para “Run to the Hills”, que teve até chuva de papel, tornando tudo realmente uma festa, explicando o porque uma banda cover feminina do Iron Maiden faz tanto sucesso por todo o mundo, pelo carisma, habilidade, profissonalismo e  beleza das mulheres, tornando esta uma noite memorável para os fãs de Iron Maiden em solo brasileiro.

Set List:

1.Aces High
2.2 Minutes to Midnight
3.Wasted Years
4.Die With Your Boots On
5.The Wicker Man
6.Flight of Icarus
7.Killers
8.Caught Somewhere in Time
9.Wrathchild
10.22 Acacia Avenue
11.The Trooper
12.The Number of the Beast
13.Phantom of the Opera
14.Moonchild
15.The Evil That Men Do
16.Run to the Hills

 

Agradecimentos: Costábile SS Jr. e CP Management

Pesquisa

Redes Sociais

Newsletter